Você já pensou utilizar seu tempo livre ensinando outra pessoa algo que você saiba fazer, e com isso ganhar 1h para aprender algo que queira? É assim que funciona a Rede colaborativa de troca de tempo, a plataforma Bliive, que hoje possui mais de 15 mil usuários e está em 55 países.
Criada pela jovem empreendedora Lorrana Scarpioni de 23 anos, a rede funciona da seguinte forma: o usuário se cadastra na Bliive e oferece uma atividade, como, por exemplo, uma hora de aula de violão. Em troca, ele ganha um TimeMoney, a moeda utilizada na plataforma. Depois, ele pode trocar o crédito por qualquer outra atividade oferecida por outro usuário no site, como aulas de inglês ou de defesa pessoal básica, por exemplo. Não é o máximo?

bliive

Até o momento, já foram registradas 28 mil horas, e segundo a fundadora da rede “A ideia é dar valor para todas as pessoas, não importa se ela irá fazer uma hora de Photoshop ou se vai ficar uma hora varrendo uma casa, isso vale um TimeMoney”. Lorrana já colheu alguns frutos da sua ideia, entre eles, ter o seu nome divulgado na edição em português da revista de inovação MIT (Massachusetts Institute of Technology), Technology Review, divulgou a lista com os dez brasileiros mais inovadores com menos de 35 anos. E Lorrana é uma das duas únicas mulheres! Uma inspiração hein confrades?!

Agora, depois de ganhar o seu quarto prêmio, o Sirius Programme, Lorrana se prepara para levar a sua startup para a Escócia, no Reino Unido.